Diamante


posted by Jack Vexed on

1 comment

Ver mulheres exercendo cargos de chefia, dirigindo transporte coletivo, trabalhando em indústrias, na segurança pública e outras profissões - que algumas décadas atrás eram apenas trabalhos de homem - é algo comum hoje. A revolução feminista iniciada no século XX, ganhando força a partir da década de 60, mudou completamente os valores no mundo ocidental. Mas o preço foi caro.





Hoje as mulheres apesar de serem independentes – tanto financeiramente quanto afetivamente – sofrem com as inúmeras responsabilidades do dia-a-dia. Durante toda a história da humanidade a mulher esteve envolvida em cuidar da prole e do lar. Isso durante quase seis mil anos. Então, nos últimos 50 anos, isso muda drasticamente.

A mulher independente hoje é aquela que se relaciona com quem quiser e na hora que quiser. É aquela que se desejar ter um filho, ela terá, e provavelmente não dependerá de um homem para criá-lo. Uma super mulher! Mas será que tudo isso é o suficiente para uma mulher estar plenamente satisfeita? Dificilmente.

Mulheres serão sempre mulheres. Doces, frágeis, carentes de afeto e dispostas a amar, se entregar a um homem que as valorize. Um homem... Mas infelizmente, com essa inversão de valores, os homens não sabem ser homens, então muitas mulheres exageram em alguns comportamentos. E o mais lamentável é que hoje isso começa bem cedo.

Eu fico realmente espantado quando vejo meninas com 13 ou 14 anos usando roupas que nem mesmo as meretrizes de 60 anos atrás usavam na rua. E o que mais me impressiona é como os pais permitem que suas filhas usem roupas sensuais. Essas meninas se tornam mulheres sem nenhum senso moral para vestimenta. Se os pais não ensinam, quem irá ensinar? A televisão? Bem, ligue a tv hoje e você verá uma salada de frutas ensinando como uma mulher deve ser sexy (e isso ainda é questionável, pois a definição de “sexy” não tem nada haver com corpo bonito) e fútil, a como se vestir e agir da forma mais promíscua possível.
Também, o linguajar com excessos de gírias e palavras obscenas, a vulgaridade em se insinuar para os homens e a forma fácil de se entregar a intimidades ajudou na desvalorização das filhas de Eva.

Mas afinal, de quem é a culpa? Da revolução feminista onde as mulheres ganharam direitos de igualdade? Ou dos homens das gerações passadas que não souberam valorizar suas esposas, deixando-as em casa enquanto se divertiam com outras na rua?

Não importa de quem seja a culpa, não podemos mudar o passado, mas podemos mudar NOSSO presente. Felizmente nem todas as mulheres são ou agem da forma descrita acima. Mas a boa notícia é: você homem, é capaz de extrair a essência feminina de qualquer mulher.

Todo homem precisa saber uma premissa básica: mesmo com toda essa decadência moral feminina, toda mulher tem o dom de amar. Elas fazem isso da maneira mais pura e sincera, e muitas vezes até ingênua. Não importa como ela fale, se vista ou se comporte. Toda mulher quando se apaixona e passa a amar alguém, estará disposta a entregar seu coração e pertencer apenas ao homem que ama. Não que nós homens não sejamos capazes de amar e se entregar da mesma forma. Porém a mulher faz isso naturalmente, já o homem precisa lutar constantemente contra seus instintos reprodutivos.

Toda mulher é um diamante. Algumas são diamantes ainda brutos, e precisam ser lapidadas. Mas todas são uma jóia valiosa. Se você tivesse um diamante bruto, não iria aplicar toda energia necessária para lapidá-lo e ver seu brilho? Não poupe esforços em lapidar uma mulher. E não me refiro apenas à pessoa que você ama, está apaixonada ou interessada. Isso vale para qualquer mulher. Mas como lapidar uma mulher?

Tenha consideração, tenha respeito e seja honesto, sempre. Seja um cavalheiro, um gentleman. Se você não sabe como ser, existem inúmeros livros que explicam de maneira fácil e divertida a como se comportar diante de uma mulher. E faça isso independente da mulher: quer seja ela a garçonete de uma lanchonete suja, que pesa o dobro de você, quer seja a princesa da Inglaterra. Não importa como uma mulher se comporta, como fala ou como se veste. Não importa como ela reage a você ou o que ela pensa de você, é seu dever tratar uma mulher sempre com educação e cordialidade. Se você der atenção a isso, com certeza tornará suas relações mais agradáveis e ajudará as suas companhias femininas a se sentirem valorizadas. 




Jack Vexed 2011 © Proibido copiar material desse site. Em caso de infração, será aplicada penalizações segundo as Leis do código penal (artigos 184-186) e a na Lei 9610/98. Dúvidas, denúncias, críticas ou sugestões? Escreva para jackvexed@gmail.com

1 comment